Publicado em

[Resenha] Tudo menos “normal”

Capa do livro Tudo Menos Normal

Eu decidi ler Tudo Menos “Normal” da Nora Raleigh Baskin, após terminar de ler A Culpa é das Estrelas do John Green e ficar com fome de sick lit (que de forma resumida é um gênero literário para classificar livros em que seus protagonistas sofrem de alguma doença física ou mental).

Tudo Menos “Normal” conta parte da vida de um autista de 12 anos chamado Jason Blake. Ele, assim como eu, gosta de escrever história e publicar na internet. Quando ele escreve, sente que pode ser ele mesmo. Mas tudo mudo, quando uma garota começa a comentar as histórias dele e mostrar que as compreende. Para a felicidade dele, existe a possibilidade de conhecê-la em um evento. E é justamente por causa dessa possibilidade que Jason se apavora, pois não sabe se esta garota pode ser capaz de enxergá-lo como realmente é, indo além das aparências.

O que mais gostei em Tudo Menos “Normal” é o fato que a história é narrada pelo personagem principal que, como foi dito antes, é um garoto autista. O que me fez ter uma ideia melhor de como ele percebe o mundo.

Apesar de ser um garoto inteligente, ele sofre bullying em todos os lugares por não se encaixar nos padrões do que é considerado “normal”. Só que, enquanto lemos seus pensamentos, percebemos que ele é um garoto como todos os demais, que tem sonhos, desejos e medos.

Através da internet, onde as pessoas podem ser quem elas quiserem, ele consegue ser ele mesmo. Pois ninguém o estará julgando por seus movimentos involuntários e/ou aparência. Tanto que ele acaba encontrando, de certa forma, uma amizade virtual. Que eu fiquei shippando* os dois.

*Shippar é torcer para que formem um casal.

Tudo Menos “Normal” é um livro pequeno e gostoso de se ler, por isso o indico.